terça-feira, 7 de agosto de 2012




"Tão só nesta hora tardia [...]só sei falar dessas ausências que ressecam a palma da mão de carícias não dadas."




CaioFAbreu in OESP, Caderno 2, 29 julho de 1987

2 comentários:

  1. Dor de ausência presente, excessivamente presente...

    Bjo Dézinha, linda!

    ResponderExcluir